História da Cigana Sulamita

História da Cigana Sulamita

É a protetora de mulheres grávidas, a que “toma conta” de partos difíceis.
Esta cigana é natural de uma região entre França e Borgonha.
Viveu muitos anos em Espanha e Itália. Viajou por muitos lugares, Portugal, Índia, Egito e outros.
Em verdade trás em seu coração um pouco de cada um destes países no seu coração.

De espírito vívido, é faceira, admirada por todos que a vêem, principalmente o sexo oposto.
Boa, generosa é também geniosa ao extremo e capaz de ataques de fúria.

Autorizada a entrar na aura de não ciganos, deixa sua mensagem e faz diversos trabalhos de magia. Suas magias geralmente são feitas com frutas.
Mas a principal é para desamarrar parto difícil.

Sulamita faz assim: Ela enterra uns ovos crus com cuidado na terra, em vaso ou chão, em frente da porta onde mora a grávida. Coloca em cima vários doces brancos e chama diversos espíritos ciganos e de outras linhas para fazer uma corrente de força. Os ovos são desenterrados quando a mulher da a luz sem perigo, então estes ovos são quebrados, simbolizando que ela esta quebrando todo o mal. Para que nada aconteça à mãe e o bebê.

Diz esta cigana que em uma de suas encarnações morreu de parto, e quase toda segurança dela é enterrada.

Ciganas Amapola sob encomenda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *