História do Cigano Pablo

História do Cigano Pablo
O Cigano Pablo viveu nessa Terra há muito tempo atrás, comandava uma tribo cigana em Andaluzia. Nasceu, cresceu e viveu sempre dentro de suas tradições.

Teve 3 filhos porém o primogênito resolveu se rebelar contra as tradições. Se impôs contra o casamento que haviam prometido no seu nascimento, e ainda esteve de namoro com outras moças ciganas da tribo, o que causou grande indisposição dos ciganos principalmente com um cigano que o levou a um grande duelo pela honra. E Pablo, como pai e conhecedor da inexperiência do filho para um duelo, ocupou o seu lugar, ciente de que não venceria o jovem cigano.

Desencarnou nas mãos de um cigano irado por seu filho ter desonrado sua prometida. Deixou sua esposa e três filhos sob a proteção de Sta Sara.

Pablo usava na orelha direita uma argola de ouro com uma minúscula turquesa. No pescoço ele trazia um cordão de ouro com um pingente em forma de dado, também feito de ouro.

Esse cigano adorava mexer com folhas. Suas ervas preferidas eram cólchico e o timbó-mirim. Esta última é ramosa, de cor verde-esbranquiçada; sua flor é rosa.
Essa erva dá uma vagem dentro da qual existem várias sementes iguais a um feijão, na cor azul. É da semente dessa erva que se faz o anil e era dessa semente que Pablo fazia o pó que utilizava para magias diversas.

Pablo também usava, como seu pai, um copo de couro e três dados grandes para fazer suas vidências.

A fase da lua da sua preferência era a crescente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *