Odu ÒWÓNRÍN – A Pressa

O Odu Owonrin

Ôwarin é um odu do oráculo de ifá, representado no merindilogun com onze conchas abertas pela natureza e cinco fechadas. Nesta caída responde Oya, Exu, Egun, Iku. Deve-se pedir cuidado com objetos cortantes e queimadura, recomendar que a bebida alcoólica pode trazer grandes prejuízos, e não esperar nada de “mão beijada”, pois seu sucesso virá através do seu próprio esforço.

Rege Abdome, mãos e pés. É um Odu composto pelos elementos terra sobre fogo com predominância da terra o que indica proteção, ajuda, admissão e aceitação.
Seus pontos vulneráveis são a garganta, o sistema reprodutor e o aparelho digestivo.
Equivale ao ponto cardeal Oeste-Sudoeste.

É um Odu feminino, representado esotericamente por dois triângulos superpostos, no meio dos quais estão dispostos três pontos formando triângulos.
Cada ponto é de uma cor diferente o que transmite a idéia de colorido, matizado (são utilizadas seis cores diferentes, não importando quais sejam elas).
O Odu Owarin é um odu extremamente ligado à sexualidade, aliás, existem dois grandes odus que regem a sexualidade: O Okaran e o Owarin, particularmente o Owarin no sentido de sedução, da parte de relacionamento, de amor e de sexo.
O comportamento de Ogum em Owarin é como o próprio Orixá ogum que é de grande virilidade, de grande força, seja ela energética dos caminhos, seja ela até mesmo ligada a sexualidade.
Ogum nesse caminho é o Ogum namorador, quando ele pega Oxum, quando ele pega Oiá, quando ele pega as Iabás.
O comportamento de Ogum como um sedutor, um cara que conquista muitas mulheres e faz da conquista das mulheres uma guerra onde ele adquire essas vitórias na conquista, ele faz da mulher um prêmio, então tem uma relação muito grande envolvendo a parte da sexualidade e a parte das relações.
No dia a dia, os filhos de Ogum ligados a esse odu são pessoas com temperamento bem quente, mas também com uma sensibilidade emocional muito grande.
São pessoas que apesar de terem um temperamento um pouco quente, possui também uma sensibilidade, uma espiritualidade bastante sensível e nessa combinação está a chave de grandes poderes associados à força e a sensibilidade.
Este odu tem a filosofia de que quem tem que morrer não adoece, morre logo. Quando ele aparece e diz que a pessoa vai morrer não espere doença, pois ela morrerá logo, sem adoecer.
Esse Odu introduziu neste mundo as rochas e as montanhas, as mãos e os pés dos seres humanos e as cólicas femininas.
Gostam de tudo o que é bom, do que é caro e nunca medem esforços para alcançar o que desejam.
Este Odu traz muito sucesso nos negócios, satisfação com aquilo que se deseja ter, lucros e sociedade, mas pode trazer muita demanda, acidentes, ingratidão, doenças passageiras, fracasso no amor, dificuldade de ter o que deseja, tudo o que quer é por meio de esforço, porém se estiver positivo, traz muita prosperidade, paz, harmonia com toda a família e amigos.
Poderá ter uma relação amorosa muito forte e duradoura.
Tendência a fazer uma boa e grande viagem.

Regente
Iansã com influência de Exú, Ossanhe e Egun.

Quem fala por esse Odu
Yemonjá, Yewá, Logun-Edé, Obaluaiê, Oxum, Oxossi Inlê.

Elementos
Fogo

Cores
São sempre luxuriantes e quentes, principalmente o vermelho e o dourado. Esse signo é o criador das cores, transmitindo a idéia de colorido (estampado).

Proibições
Devem evitar a bebida e outros vícios.

Positivo
As pessoas nascidas neste signo ficam ricas ainda na juventude, realizam muito cedo tudo o que desejam na vida e obtém precocemente filhos, mulheres, dinheiro e todas as boas coisas da vida.
Ele aponta nobreza de atitudes, uma decisão que leva a um bom resultado, planos que darão certo, um bom empreendimento, proteção do alto, ajuda de terceiros, fartura e riqueza.
As virtudes desse signo são muitas: mediunidade, vidência, premonições, sorte no jogo, no amor, em comércio e vitória sobre os inimigos, só que de forma lenta e muito sacrificada.
Esse Odu traz surpresas, ingratidão, vingança oculta, dificuldade de ter o que se deseja, consegue tudo o que quer por meio de muito esforço, satisfação com aquilo que se deseja ter.
São naturalmente bafejadas pela sorte, atraentes, excessivas em tudo, generosas, dominadoras e entusiasmadas.
Não conhecem desafios que não possam vencer e nem obstáculos que não possam superar.

Negativo
Oworin Meji é um Odu muito poderoso que revela inúmeras doenças localizadas no abdome, onde o signo estabelece o seu reduto.
É, portanto, o assistente direto de Iku, a morte, durante a noite e de Gbé, a vida, durante o dia.
Traz acidentes fatais, morte súbita ou prematura e vida curta.
Aponta doença no olho direito, excesso de sangue, hipertrofia dos órgãos, hipertensão, congestões e todos os tipos de doenças ocasionadas por abundância ou excesso patológico de fluídos, tumores e matéria orgânica.
Ele predispõe as estadias curtas sobre a Terra, isto é, as pessoas desse signo tendem a viver pouco.
Por ser este Odu portador de acidentes, é muito difícil que se possa desfrutar, por muito tempo, os seus benefícios.
Esse Odu impõe muitas influências negativas, tanto para o consulente quanto para as pessoas regidas por ele.
Devido à forma karmática muito pesada a qual esse Odu propicia, as pessoas se tornam muito perturbadas, negativas e lutam com grandes dificuldades tentando realizar algo na vida porque todos os caminhos se fecham.
Geralmente elas sofrem constantemente com doenças correndo algum risco de morte, pois esse signo pode ocasionar, de um momento para o outro a morte por doenças, acidentes graves ou crime.
Na verdade esse Odu causa supressão com a morte, não permitindo por muito tempo, tratamentos médicos nem trabalhos espirituais.
São pessoas com más influências perturbadoras, com dúvidas, felicidade oculta e difícil.
Se for homem é volúvel e sem fé e luta com muitas dificuldades para a realização de qualquer objetivo.
Sofrem por calúnia, perda de bens e outros valores sentimentais, doenças passageiras.
Egum em cima, muito carrego e só vencem obstáculos com muita luta e após sofrer com grandes sacrifícios.
Tendência para mendicância e para os vícios da bebida e das drogas, ou ainda envolvimentos com pessoas e casos obscuros, levando a envolvimentos com a polícia.
Não se sensibiliza com o que vier a acontecer.

Atenção
As pessoas que tem este odu na cabala deverão lhe dar um presente a ele todo dia 11 de cada mês para ficar em paz e tranqüilidade.
Para levantar seus nativos, o zelador ou zeladora deve ter muito conhecimento e paciência.
São pessoas boas, porém volúveis; lutam com dificuldade para um grande projeto e tem que agir com calma, caso contrário perderão tudo.
Vencerão os obstáculos com a razão; porém quando este odu está positivo, ele oferece vitória sobre todas as lutas e obstáculos.
Para as pessoas desse Odu, existe um fator muito importante: quando ele está em boa fase ele oferece vitória sobre todos os inimigos, os quais tentam guerrear com armas mesquinhas como difamação, fofoca, intrigando ou fazendo magias pesadas com propósitos mesquinhos tentando denegrir a boa imagem e a dignidade de suas vítimas.
Somente com um grande ebó, muitas obrigações e muita calma o consulente poderá, gradativamente, atingir seus objetivos, caso contrário, a pessoa perderá tudo e inclusive a própria vida.
Para as pessoas que vão viajar ou que trabalham viajando, deverão ter cuidados especiais fazendo ebó.
Para as que estão doentes ou que vão fazer cirurgia, também devem fazer ebó antes.
As pessoas desse signo, embora aparentemente estejam em boa situação, deverão agrada-lo uma vez ao mês (dia 11 de cada mês).
Não é dar caminho e sim e apenas agradar. O tipo de agrado mensal não é o mesmo que o anual é mais simples.
As pessoas desse Odu deverão usar constantemente um patuá especial, banhos de folhas em defesa e fazer “Ofó” e “Oriki”.
Para as pessoas desse Odu ou influenciadas por ele, é necessário, além de ebó de Odu, deverão fazer um Ebó Iku para um espírito de um antepassado o qual sempre tenta viver encostado com propósito de levar a pessoa.
Quando for pessoa sob a regência de Oworin Meji, para se obter um bom caminho na vida, é preciso quase nascer de nosso, isto é: fazer a feitura do Orixá confirmar-se Ogã ou Ekedji (quando for o caso).

Personalidade
Pessoas com esse Odu têm imaginação fértil, boa saúde e vida longa, mas as más influências e a falta de fé as levam a enfrentar dificuldades materiais e a só alcançar o sucesso depois de grandes sacrifícios. São muito volúveis no amor. As mulheres geralmente fracassam no primeiro casamento, mas acabam encontrando a felicidade.
São pessoas de certa forma ‘perigosas”, obstinados por sucesso, felizes quando buscam profissões liberais que atuam junto ao público. Possuem muita energia, disposição; estão em constante movimento, agito. São muito nervosos. Possuem sorte na vida, porém são extremamente vingativos e defendem-se atacando.

Uma das lendas desse Odu
Em certo dia, uma mulher muito fiel a Orisa fora numa fonte lavar roupa levando consigo sua criancinha. Lá havia outra mulher invejosa que, vendo que ela estava distraída com a sua ocupação, tentou lançar a criancinha da outra numa bacia d’água. Mas outra mulher ainda, ouvindo o chorinho da criança, correu para ali e a tirou de dentro d’água, salvando-a do perigo, antes mesmo de sua mãe se der conta. Do horror que acontecia.

Assim se vê o ponto onde uma pessoa má pode chegar… E também o quanto podemos contar com a ajuda e proteção através de oferendas específicas.